"Sei não"

                                                  *Foto sem identificação, retirada da internet 


“Sei não” é um estilo de vida sustentável que visa a sanidade mental, emocional e espiritual de alguns seres humanos, ou não, que levam uma.vida.tão.leve.que.voa. Idealizado (desejado, esperado, construído, batalhado) por mim (e por mais ½ da população mundial), mera profissional das letras sem significância pra história da humanidade, que aceita café, por favor.

Em 10 passos simples, explico as diretrizes deste estilo, muito sério, de vida:

1º. Tenha planos, mas que sejam baixos o suficiente pra que você consiga pular por cima, silenciosamente, e  escapar ofegante para um piquenique fora de hora, marcado para às 23;

2º. Tenha disciplina e tendo isso, coma pão caseiro semanalmente, de preferência com manteiga e com meias nos pés, se o pé suar, pode tirar a meia;
3º. Ame, mas só ame, não prometa, não espere, não controle, não enrole, não arrote, não sufoque, só ame, fale a verdade e faça massagem de vez em quando;

4º. Saiba o que quer, fique sabendo, agora pegue isso que sabe e ponha na estante, logo ali, ao lado das outras certezas abandonadas;

5º. Troque toda essa métrica, certeira como flecha de São Sebastião, de ‘Como Vencer na Vida’, por alguns meses de pouca coisa no nome, pouca coisa na mala e muita coisa dentro do espaço onde ficam as boas histórias da vida;

6º. Crie, aprenda todo tipo de coisa, inclusive a costurar, e me faça um vestido florido;

7º. Faça o que precisa ser feito nos dias de chuva, além dos bolinhos, compre um guarda-chuva quente e coloque o hit “foda.se.meus.pés.molhados” tocando em todas as poças d’água da cidade;

8º. Saiba para onde está indo, mas aí vire à esquerda, tome sorvete artesanal, compre 3 cds brasileiros e 1, espanhol, faça amigos que descombinam, conheça churrasco de melancia e então, mude a direção de acordo com o gosto do caminho;

9º. Cante àquilo que a vida tocar. A canção perfeita é sempre a obra mais próxima daquele que tira o desarmônico pra dançar, e ele é tão simpático;

10º. Respire, coma bolo fresco, respire, como bolo fresco... E durma às 20h num domingo qualquer. Menos hoje.

Feito isso, basta se sentir bonita(o) e sair andando.

- Pra onde?

- “Sei não”. 

Dizem os monges que é só sair andando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pitacos